Um perfil icc é um pequeno arquivo (com a extensão .icc ou .icm) que é possível descrever como sendo o cartão de identidade de cor de um periférico ou da concordância papel/impressora; é ao gerenciar a integridade dos perfis de toda a cadeia gráfica(APN, digitalizador, tela, impressora/papel etc.) por meio de um sistema de gestão das cores que se obtêm os melhores resultados.

Como se obtém um perfil icc?​  Partindo do princípio que apenas se pode dominar aquilo que se mede, um perfil icc é, portanto, o resultado da medida de um periférico (ou da concordância impressora/papel). Ferramentas como colorímetros ou espectrofotômetros medem um alvo composto por fragmentos de cor (de algumas dezenas a vários milhares) segundo condições de edição padrão; os resultados dessas medidas são analisados por softwares específicos que produzirão finalmente estes perfis ICC.

Como é que isso funciona?  Um sistema de gestão das cores (SGC) tem por objetivo fazer comunicar entre si todos os elementos da cadeia gráfica utilizando uma linguagem comum a todos, o modo de cor LAB incorporado em cada um dos perfis icc (o LAB é o modo que mais se aproxima da visão humana, expresso em valores absolutos). Como já vimos, a cadeia gráfica é composta por periféricos que não falam a mesma linguagem de cor (síntese aditiva RVB de um monitor e síntese subtrativa CMJN de um papel como melhor exemplo), o SGC converterá em cada etapa de tratamento (a maior parte das vezes de forma transparente para o usuário) os valores LAB incorporados em cada um dos perfis icc de todos os periféricos da cadeia, até à impressão final. O modo de cor LAB é a base principal da arquitetura ICC (International Color Consortium).

O que não é um perfil ICC: Um perfil não é uma ferramenta de edição, esse arquivo é apenas a descrição das capacidades de cor de um periférico constatadas em um momento preciso e segundo condições de utilização precisas.

Baixar nossos perfis
Voltar às FAQ