<>

Papel na conquista do ar e do espaço

17 de dezembro de 1782, um estranho saco de papel enche-se por cima de uma fogueira, no pátio dos Montgolfier. Pouco a pouco, endireita-se, sobe, levanta voo rumo aos céus. Atravessa o rio e pousa suavemente sobre uma encosta. Joseph e Etienne Montgolfier acabam de realizar o sonho de Ícaro. Tal como o pássaro, o homem voa.  
 1782, ano fundamental para as ciências: Lavoisier descobre a composição da água.

Descolagem do primeiro aeróstato no jardim da fábrica de papel de Vidalon, a 14 de Dezembro de 1782
© Museu das papelarias Canson e Montgolfier